Práticas simples para um condomínio sustentável

Para tornar um condomínio sustentável não necessariamente precisará de ações revolucionárias. É possível manter o local de bem com o meio ambiente por meio de práticas simples e que podem ser adotadas com mais rapidez.

Acompanhe as dicas abaixo, e veja o que já tem no seu condomínio e o que mais pode ser adotado.

• Coleta seletiva (é possível até fazer uma parceria com alguma cooperativa de catadores da região);

• Separar o óleo de cozinha usado;

• Trocar todas as lâmpadas de uso comum pelas econômicas e estimular os moradores a trocarem, também, as luzes internas;

• Construir cisternas para captação e uso da água da chuva, que vai servir para lavar as áreas comuns, etc.;

• Trocar as torneiras de uso comum pelo modelo temporizado, assim evita o desperdício e o descuido;

• Diminuir a quantidade de lavagem das áreas comuns;

• Construir ou ampliar áreas de lazer para incentivar os moradores a não ficarem o tempo todo dentro de casa;

• Dar prioridade aos jardins, que aumentam a permeabilização do solo e contribuem com o bem-estar dos moradores. Você pode ousar e sugerir a plantação de mudas e temperinhos;

• Individualizar os medidores de gás e água para estimular a redução do consumo;

• Montar um mural com dicas de sustentabilidade que podem ser aplicadas no dia a dia.

 

Lise Lobo