Falha em reservas de áreas comuns pode gerar processo para condomínios

Neste mês de março um condomínio de São Paulo foi condenado a indenizar um casal impossibilitado de utilizar a área de churrascaria do prédio, após falha na reserva do local. O condomínio vai ter que desembolsar R$10 mil por danos morais após agendar o espaço para duas pessoas ao mesmo tempo. Um acontecimento como este mostra a importância da atenção no processo de reservas dentro do condomínio.

SOLUÇÃO

Erros de reservas são mais frequentes do que imaginamos e podem ser resolvidos quando automatizados. O aplicativo de gestão condominial MyCond, por exemplo, fornece o serviço de agendamento de áreas comuns, que é feito pelo próprio morador utilizando apenas o celular. Após agendada a data, ela fica bloqueada e qualquer outra pessoa impossibilitada de fazer a reserva no mesmo dia. A utilização do app acaba com o controle manual de reservas, que além de bastante trabalhoso, abre uma margem para erros.

Com a função RESERVA do MyCond é possível ainda cancelar a marcação, sem complicações. Tudo isso seguindo todas as regras do seu regimento interno.

É importante lembrar que as regras específicas para a utilização desses espaços, que ordenam e organizam essa questão, devem constar na Convenção e no Regulamento Interno de cada condomínio, regendo as obrigações, os deveres dos condôminos na utilização desses ambientes.