Férias no condomínio: que tal montar uma horta comunitária?

Por conta das férias escolares, muitos pais também costumam programar as folgas neste período. Pais e filhos dentro de casa pode ser uma ótima oportunidade para estimular atividades dentro do condomínio. E a dica do My Cond é utilizar o tempo vago para, juntos com outros vizinhos, desenvolver uma horta comunitária. Montar uma horta na área comum do condomínio vai além de promover uma atividade de lazer para os moradores, é acima de tudo uma ótima opção para promover a agricultura orgânica, gerar alimentos saudáveis, contribuir para estética das áreas comuns e ainda auxiliar na educação das crianças.

Acompanhe abaixo dicas importantes para montar a horta e ter ainda a possibilidade de futuramente consumir produtos orgânicos fresquinhos. Após a aprovação de todos, mão na massa, ou melhor, mão na terra.

ESCOLHA DO LUGAR

É importante escolher um local com boa incidência solar. As áreas verdes sem vegetação são as melhores opções. Se o seu condomínio não tiver, é possível criar canteiros com tijolos, manta impermeabilizante e, por fim, terra. Se o espaço for um problema, há a opção de plantar em vasos como as hortas verticais, os vasos ainda podem ser feitos de “lixo”, como garrafas PETs. Existem técnicas que permitem cultivar diversos alimentos em 1m² portanto é possível criar uma horta urbana em pequenos espaços sim.

AS PLANTAS

Para escolher os tipos de plantas é importante levar em conta a profundidade do solo, a época do ano e a região em que você mora. Escolha sementes e mudas certificadas como orgânicas.

HORA DE PLANTAR

Leve as crianças e todos que quiserem participar para plantar as mudas e sementes. Este é um trabalho relaxante e uma oportunidade de entrar em contato com a natureza.

– CRIE REGRAS

É necessário estabelecer um planejamento com as escalas de rega da horta para não faltar nem exagerar na água. Quando for a época da colheita, marque um dia e horário para os moradores que quiserem participar consigam se programar. Mas lembre-se o sentido da horta é ser comunitária; deixe-a livre caso alguém precise de algum dos alimentos.

CONTATO E INTEGRAÇÃO

Marque um dia específico toda a semana para levar as crianças para mexer na horta – um contato frequente com a natureza é saudável e eficaz no aprendizado. É possível, após cada colheita, por exemplo, realizar refeições comunitárias entre os moradores usando os próprios alimentos da horta. Haverá integração social a convivência entre os vizinhos se tornará mais harmoniosa.