Manutenção de área verde na primavera

Os jardins do condomínio são áreas importantes não apenas para o visual do condomínio como também para o convívio dos condôminos e valorização do patrimônio. E neste período da primavera, que começa no hemisfério sul, no dia 22 de setembro, eles chamam ainda mais a atenção, principalmente quando o assunto é manutenção.

Não realizar a manutenção adequadamente pode, por exemplo, comprometer toda a estrutura, o solo e as plantas do jardim do condomínio. Na primavera esses espaços chamam ainda mais atenção, mas eles devem estar bem cuidados durante todo o ano.

Mas como deixar os espaços sempre bonitos? O primeiro passo pode ser contratar uma empresa especializada. E neste contrato de prestação de serviço pode incluir a estética do paisagismo, os períodos das visitas, a composição da equipe que irá executar os serviços.

Então vamos aos pontos que devem ser lembrados neste período quando o assunto é manutenção de jardins na primavera.

Leia também: Cuidados na hora de terceirizar serviços para condomínios

  • Podas de galhos

A poda é importante para manter a planta saudável e é de grande importância neste período da primavera. A retirada de galhos danificados favorece o envio de nutrientes e os galhos em excesso possibilita a circulação de ar e evita o surgimento de insetos de fungos que podem matar a planta.

Mas atenção! Nada de podar de mais, pode apenas o necessário. O ideal é que essa poda seja feita uma vez por estação, ou seja, quatro vezes ao ano.

  • Cuidados com a grama 

Locais com gramas deve ter uma manutenção mais regular. Por exemplo, é importante sempre capinar essas áreas verdes para evitar o crescimento excessivo e a proliferação de ervas daninhas e insetos.

Mas qual a periodicidade que devo podar a grama? Nas épocas mais quente é recomendado que a grama seja podada toda semana, já no inverno o ideal é que essa poda aconteça a cada 15 dias. O ideal é deixar em oito centímetros de altura o gramado.

Leia também: Que tal montar uma horta comunitária?

  • Como evitar as pragas

Esse período de primavera é quando as doenças e pragas mais atacam. Isso acontece porque as árvores estão mais férteis e há muita atividade na natureza.

Quando o assunto é praga, duas se destacam por dar dor de cabeça. As lagartas, que devem ser removidas manualmente utilizando luvas, uma sugestão natural é utilizar arruda, que repelem as lagartas.

Com relação as formigas, que se não cuidar, pode devastar o jardim, a dica natural é espalhar sementes de gergelim nos canteiros e no formigueiro. Se não resolver, você pode optar pelas iscas formicidas, que são vendidas em lojas de jardinagem.

Leia também: Áreas de lazer de condomínios: problemas x soluções

  • Plante espécies nativas 

As plantas nativas se adaptam mais fácil em qualquer espaço, já que ela é própria do clima. Por isso ela é a melhor opção para os jardins, já que não darão tanto trabalho, pois não necessitam de tantos nutrientes ou irrigação.