Por assunto

Financeiro

Administrativo

Segurança

Social

Por perfil

Condomínios

Administradoras

Síndicos profissionais

Moradores

Atividades comerciais x condomínios

Muitos moradores de condomínios residenciais se perguntam se podem exercer atividades comerciais dentro das suas unidades. A resposta é: depende. É importante consultar o regimento interno do condomínio e verificar se há alguma restrição quanto ao tipo de atividade que pode ser exercida.

Segundo o Código Civil, no artigo 1.336, é um dever do condômino:

 “Dar às suas partes a mesma destinação que tem a edificação, e não as utilizar de maneira prejudicial ao sossego, salubridade e segurança dos possuidores, ou aos bons costumes”.

Sendo assim, o profissional deverá prestar atenção ao regimento interno e à convenção para não violar nenhuma regra, bem como cuidar para que seu ofício não prejudique a natureza do condomínio.

Algumas atividades, como a prestação de serviços de manutenção e limpeza, geralmente são permitidas. Outras, como a venda de produtos ou a realização de eventos, podem estar sujeitas a limitações. É importante conversar com o síndico ou o administrador do condomínio para entender as regras e evitar problemas.

LEIA TAMBÉM: Lições para quem deseja empreender em tecnologia e inovação

Atividades permitidas

No geral, as atividades comerciais que são permitidas em condomínios residenciais são aquelas que não causam incômodo aos outros moradores. Por exemplo, um profissional de TI pode trabalhar em casa, desde que não haja barulho excessivo ou outros incômodos. Já um salão de beleza pode funcionar em um condomínio, desde que seja mantido limpo e organizado.

Algumas atividades, como a prestação de serviços de manutenção e limpeza, geralmente são permitidas. Outras, como a venda de produtos ou a realização de eventos, podem estar sujeitas a limitações. É importante conversar com o síndico ou o administrador do condomínio para entender as regras e evitar problemas.

O que é proibido?

No entanto, existem algumas atividades comerciais que são proibidas em condomínios residenciais. Se o regimento interno do condomínio proíbe a venda de produtos, por exemplo, não é permitido montar uma loja dentro da unidade. Da mesma forma, é proibido realizar eventos que possam causar incômodo aos outros moradores, como festas barulhentas ou shows.

Para evitar problemas, é importante conversar com o síndico ou o administrador do condomínio antes de iniciar qualquer atividade comercial. Desta forma, é possível se informar sobre as regras e garantir que a atividade a ser exercida seja permitida.

Como potencializar os negócios dentro do condomínios

Muitas pessoas têm negócios nos condomínios, mas nem todos sabem como aproveitar ao máximo as oportunidades que estes espaços oferecem. Se você tem um negócio no condomínio, confira estas dicas:

  1. Crie um site ou blog para o seu negócio

Um dos primeiros passos para aproveitar as oportunidades que os condomínios oferecem é ter um site ou blog para o seu negócio. Isso vai ajudar as pessoas a encontrarem o seu negócio e também vai ajudar a divulgar o seu trabalho.

LEIA TAMBÉM: Porque ter um software de gestão de condomínio

  1. Participe de eventos do condomínio

Outra dica é participar dos eventos do condomínio, como feiras ou exposições. Isso vai te ajudar a divulgar o seu negócio e também vai te permitir fazer contatos com outros empreendedores.

  1. Crie um folder ou panfleto com informações sobre o seu negócio

Um folder ou panfleto com informações sobre o seu negócio também pode ser muito útil para divulgar o seu trabalho nos condomínios. Você pode deixar os panfletos nas áreas comuns do condomínio, como a recepção ou a academia.

  1. Faça parcerias com outros empreendedores do condomínio

Uma ótima maneira de aproveitar as oportunidades dos condomínios é fazer parcerias com outros empreendedores que atuam nos mesmos espaços. Isso vai te ajudar a divulgar o seu negócio e, ao mesmo tempo, vai te permitir criar novas oportunidades de negócios.

  1. Utilize as redes sociais para divulgar o seu negócio

As redes sociais também podem ser uma ótima ferramenta para divulgar o seu negócio nos condomínios. Crie uma página para o seu negócio nas redes sociais e utilize-a para divulgar o seu trabalho.

Como o síndico pode ajudar?

Como síndico, você também pode ajudar os empreendedores que atuam nos condomínios, criando algumas ações para facilitar a divulgação do seu trabalho. Aqui estão alguns exemplos de ações que você pode tomar:

  1. Crie um espaço para empreendedores nos condomínios

Você pode criar um espaço nos condomínios para os empreendedores que atuam ali. Esse espaço pode ser um quadro de avisos ou uma página em um site do condomínio. Nesse espaço, os empreendedores poderão divulgar o seu trabalho e também terão acesso a uma lista de outros empreendedores que atuam nos condomínios.

  1. Ofereça descontos para os empreendedores nos condomínios

Você também pode oferecer descontos para os empreendedores que atuam nos condomínios. Esses descontos podem ser na taxa de Condomínio ou em outras taxas que forem cobradas pelo condomínio.

LEIA TAMBÉM: Como o síndico pode inovar na gestão?

  1. Crie parcerias com outros empreendedores nos condomínios

Você também pode criar parcerias com outros empreendedores nos condomínios. Essas parcerias podem ser para oferecer descontos mutuamente ou para realizar ações conjuntas de divulgação.

Com essas dicas, você poderá aproveitar ao máximo as oportunidades que os condomínios oferecem para os empreendedores. Lembre-se também de que, como síndico, você pode ajudar os empreendedores que atuam nos condomínios, criando algumas ações para facilitar a divulgação do seu trabalho.