CEO MyCond orienta como se comportar no condomínio durante pandemia

Para preservar as vidas durante esse período da pandemia de coronavírus, no qual todas as pessoas estão em casa, um local importante que deve ser avaliado a conduta, é o condomínio. E a tecnologia como sempre está presente e imprescindível neste momento para reduzir o contato físico. Toda essa gestão é administrada pelo síndico que deve conduzir as questões e deixar os moradores informados da atual situação.

Durante o programa de rádio Radar Imobiliário, veiculado na rádio Metrópole todos os sábados, a CEO da MyCond, Ana Rita Oliveira, explicou que o gestor deve se preparar para controlar os empreendimentos, principalmente aqueles com mais de 300 unidades. Pois um surto dentro de um desses residenciais que possuem diversos itens de lazer seria um verdadeiro caos.

LEIA TAMBÉM: Cartilhas gratuitas com medidas de prevenção em condomínios

A especialista orienta que todas as áreas comuns como cinema, quadras, salão de jogos, piscinas devem ser fechadas para evitar o contato, sobretudo das crianças que são mais ativas e não tem os mesmos hábitos frequentes dos adultos como, por exemplo, lavar as mãos.

Outro ponto destacado por ela são as obras que devem ser todas suspensas para evitar a circulação de prestadores de serviços e sujeira. As diaristas também devem ser dispensadas para conter a propagação do vírus.

“Mesmo constando no regimento interno do condomínio as permissões, neste momento é importante a conscientização de cada um para suspensão de todos os serviços, e somente os emergenciais como cano estourado, problema na fiação, entre outros”, explicou Ana Rita.

LEIA TAMBÉM: Dicas de prevenção do Coronavírus dentro dos condomínios

O objetivo dessas orientações é auxiliar o síndico e com as ferramentas digitais possibilitar a maior rapidez na divulgação das informações. Inclusive muitas delas possuem assessoria jurídica para conduzir corretamente as ações, como o bloqueio das áreas comuns, avisos online, entre outros.

LEIA TAMBÉM: IBDI divulga lista com medidas para assegurar isolamento social em condomínios

A CEO recomenda que com a alta das entregas delivery nesse momento de isolamento, o controle deve ser maior e a limpeza deve ser feita constantemente, mas se chegar a um determinado momento que os funcionários dos empreendimentos estiverem com o número reduzido, os próprios moradores terão que fazer as atividades comuns.

Até mesmo as assembleias devem ser adiadas ou como uma votação por questões políticas e internas da convenção devem ser feitas online, concluiu.