Como a tecnologia QR Code pode ser usada em condomínios?

A tecnologia QR Code nunca esteve tão presente na vida das pessoas como está sendo agora. É possível encontrar a chave virtual inteligente em diversos setores. Comércio, audiovisual, propaganda, indústria, construção e por que não dentro do condomínio?

Graças a sua praticidade, mobilidade e capacidade de gerar maior segurança, a tecnologia chega ao mercado condominial para agregar muitas possibilidades e benefícios.

Sendo assim, vamos abordar mais sobre o QR Code nos condomínios e mostrar o quanto a ferramenta pode ser uma mão na roda.

LEIA TAMBÉM: Conheça as tecnologias mais demandadas pelos condomínios na pandemia

O que é o QR Code?

O QR Code – abreviação de Quick Response Code (código de resposta rápida, em tradução livre) – é um aprimoramento do já conhecido por todos nós, o código de barras. 

Enquanto o código de barras usa apenas a leitura em uma direção dos dados, o QR Code consegue validar informações em 2D – horizontal e verticalmente. Dessa forma é possível escanear ele com maior facilidade através das câmaras da maioria dos celulares.

Outras características importantes e únicas é que ele consegue armazenar um grande volume de dados e ser utilizado sem restrições. Não atoa vemos diversos setores fazendo uso da ferramenta.

Podemos encontrar o QR Code em um simples anúncio, até em telas de TV, para leituras de formas de pagamento, como método de verificação (a exemplo do WhatsApp Web), entre outras aplicações.

O Qr Code foi criado em 1994 por uma parceira da Toyota. Eles estavam com problemas em controlar o estoque devido aos códigos de barra serem muito pequenos, o que tornava difícil a gestão dos funcionários.

Mas a ferramenta só foi ganhar força mesmo no ano de 2011 com duas grandes lojas do varejo norte-americano utilizando para controlar seus estoques: a Best Buy e a Macy.

Atuação

Podemos dizer que a pandemia acelerou a utilização e o engajamento da tecnologia. Nesse sentido, vamos citar alguns casos de uso:

  • Pagamentos nos estabelecimentos comerciais;
  • Cartão de visitas;
  • Transferências entre contas bancárias;
  • WhatsApp web;
  • Redes sociais;
  • Para fazer pedido nos restaurantes;
  • Links de promoções para sites.

LEIA TAMBÉM: 4 tecnologias aliadas no combate a covid-19

Como usar em condomínio?

A característica que mais atraiu o mundo condominial na busca da utilização dessa ferramenta foi a possibilidade de trazer mais segurança e facilidade no armazenamento e compartilhamento de dados.

A tecnologia pode ser usada nos espaços condominiais de diversas formas, como no controle de acesso e na automação e integração de todos os ambientes.

Controle de Acesso

Neste sistema uma chave de acesso é gerada por meio de um código que possui validade e pode ser utilizado na entrada ou saída do morador.

Uma grande vantagem desta modalidade de acesso é que ela é uma ferramenta que pode ser utilizada por visitantes e prestadores de serviço, através do envio do código pelo morador.

O sistema gera mais segurança e confiabilidade evitando fraudes – como tirar print e enviar para terceiros terem acesso – a chave é atualizada a cada 2 minutos.

Com o QR Code o condomínio garante a confiabilidade e gestão dos acessos. Ao ler o código, o sistema automaticamente cria um histórico de acesso – seja ele de entrada ou saída do local, ou circulação nas áreas comuns. Dessa maneira, a administração e portaria conseguem ter um gerenciamento muito mais eficiente e confiável.

Os usuários do aplicativo MyCond possuem facilmente acesso a essa tecnologia.

LEIA TAMBÉM: Conheça tecnologias de controle de acesso em condomínios

Integração ambientes

A tecnologia pode ser implantada em qualquer canto ou porta que o local queira colocar esse tipo de controle. Piscina, salão de festas e de jogos, academia, armário de correspondências. Basta instalar o leitor e o morador consegue ter fácil acesso para esses ambientes compartilhados.

  • ÁREAS COMUNS: Na entrada do salão de festas poderá ter um QR Code com todas as informações de uso do salão de festa, como horário de funcionamento, limpeza, onde liga cada eletrodoméstico, etc.
  • FUNCIONÁRIOS: Para os funcionários a tecnologia também pode ser utilizada. Por exemplo, o profissional de serviços gerais poderá ter um código em cada local essencial para limpeza com as informações necessárias para execução do trabalho. Imagine que no hall de entrada precisa passar pano com desinfetante 3x por semana, tirar o pó todos os dias, lustrar os móveis uma vez por semana. Enfim, essas informações podem ser escaneadas com o smartphone pelo profissional e, inclusive, marcar como “feito” em todas as vezes que isso acontecer, facilitando o controle dos serviços prestados.
  • MANUTENÇÃO: Na manutenção as facilidades proporcionadas pelo QR Code também são grandes. Por exemplo, ao lado da central de alarme de incêndio vai existir um QR Code. Assim, quando alguém escanear, vai mostrar as informações da última manutenção, quando vai ser a próxima manutenção preventiva, fotos do equipamento, cuidados, prazo de validade e aviso de quando terá que fazer a renovação do AVCB. Do mesmo modo, no Quadro Elétrico poderá ter a tecnologia também.
Revolução RH

O RH do local também pode passar por uma revolução com a utilização da tecnologia de QR Code. A MyCond, por exemplo, tem parceria com a empresa QR Point que apresenta o ponto digital.

LEIA TAMBÉM: Ponto Digital para funcionários do condomínio é a novidade do My Cond

Com a solução da QR Point, é necessário apenas um Smartphone (podendo ser um único para toda a empresa, ou o celular de cada colaborador) e um sistema web: o colaborador tem um PINCODE pessoal e intransferível, faz o login no app, que lê a placa de QRCODE e faz registro facial.

Pronto! Agora a empresa acompanha tudo em tempo real pelo seu sistema web, gerando relatórios e integrando as informações com sistemas contábeis.