Além disso, quem não entregar a DIRF no prazo estipulado pelo governo ou enviar com informações incorretas, estará sujeito à multa

Condomínios precisam efetuar a Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf)

14 de fevereiro de 2023
Por Blog MyCOND

Quando chega o mês de fevereiro é hora de ficar atento a Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (Dirf), uma obrigação tributária exigida pelo governo e que todos os condomínios deverão efetuar.

O síndico precisa lembrar que faz parte do trabalho dele garantir que a gestão fiscal do condomínio esteja com tudo dentro dos conformes.

Além disso, quem não entregar a DIRF no prazo estipulado pelo governo ou enviar com informações incorretas, estará sujeito à multa.

E nessa postagem vamos entender melhor o que é a Dirf e como fazer a declaração. Lembrando que agora em 2023 o prazo de entrega é até 28 de fevereiro, data que pode variar ano a ano.

Prazo: último dia útil de fevereiro. Em 2023, vence em 28/02
Como declarar: consulte o site do Ministério da Economia
Situação: Obrigação anual, com atraso sujeito a multa.

LEIA TAMBÉM: Imposto de Renda e condomínios: ABADI esclarece as principais dúvidas

O que é Dirf?

A DIRF é a sigla para Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte. Essa obrigação contábil visa fiscalizar o Imposto de Renda e deve ser entregue anualmente, sempre no final de fevereiro.

Ela é uma obrigação de todos empregadores, com o objetivo de informar seus rendimentos à Secretaria da Receita Federal do Brasil e, assim, combater a sonegação de imposto. 

Nesse processo deve ser informado: 

  • os rendimentos pagos a pessoas físicas domiciliadas no País;
  • o valor do imposto sobre a renda e contribuições retidos na fonte, dos rendimentos pagos ou creditados para seus beneficiários;
  • os pagamentos a plano de assistência à saúde – coletivo empresarial, os valores relativos a deduções, no caso de trabalho assalariado;
  • entre outros.

Os condomínios que contratam prestadores de serviços com Nota Fiscal têm a obrigação de declarar a DIRF. Esses prestadores de serviços podem incluir:

  • Síndico (quando recebe remuneração)
  • Empresa terceirizada
  • Empresa auxiliar de administração
  • Funcionários CLT ou PJ
  • Prestadores de serviço em geral

Como entregar a DIRF?

Para fazer a declaração o síndico precisa reunir todos os documentos relativos aos rendimentos, deduções e retenções na fonte dos colaboradores do ano específico, assim como o nome empresarial do condomínio e o número de inscrição do CNPJ.

LEIA TAMBÉM: Saiba quais impostos os condomínios devem pagar

A DIRF deverá ser entregue pela internet por meio de um programa disponibilizado no site da Receita Federal.

Passo a passo:

1- Acesse o site oficial da Receita Federal clicando aqui;

2 – Quando a página abrir, clique em PGD Dirf 2022;

3 – Uma nova página será aberta com opções de download para você escolher uma de acordo com o sistema operacional do seu computador;

4 – Com o programa já instalado no seu computador, clique em “nova declaração”;

5 – Escolha o tipo de declaração para pessoa jurídica;

6 – Preencha os campos em aberto com todas as informações solicitadas;

7 – Anexe os documentos solicitados;

8 – Por último, envie os dados para finalizar sua declaração. 

O que é preciso declarar na Dirf do condomínio?

As principais informações que devem constar na Dirf do condomínio são:

Beneficiários pessoas jurídicas domiciliados no País

  • nome empresarial;
  • número de inscrição no CNPJ;
  • valores dos rendimentos tributáveis pagos ou creditados no ano-calendário, discriminados por mês de pagamento ou crédito e por código de receita;
  • respectivo valor do imposto sobre a renda ou de contribuições retidos na fonte;
  • entre outros.

LEIA TAMBÉM: 4 serviços contábeis importantes para seu condomínio 

Beneficiários pessoas físicas domiciliados no País, entre outros:

  • nome;
  • número de inscrição no CPF;
  • os valores dos rendimentos pagos durante o ano-calendário, discriminados por mês de pagamento e por código de receita, que tenham sido objeto de retenção na fonte do imposto sobre a renda, e os valores dos rendimentos que não tenham sido objeto de retenção;
  • os valores das deduções, que deverão ser informados separadamente conforme se refiram a previdência oficial, previdência complementar, entidades fechadas de natureza pública eFapi, dependentes ou pensão alimentícia;
  • o respectivo valor do IRRF;
  • relativamente às informações de pagamentos a plano privado de assistência à saúde, modalidade coletivo empresarial, contratado pela fonte pagadora em benefício de seus empregados;
  • etc. 

MyCond+

Síndico de primeira viagem?

Comece hoje nosso curso online gratuito

Descubra tudo que a MyCond+ pode
oferecer ao seu condomínio.

Fale agora com nossa equipe de especialistas
ou preencha o formulário:

Trabalhe conosco

Venha fazer parte do nosso time.

Nosso propósito é muito claro: transformar o condomínio dos nossos clientes em um melhor lugar para conviver! Desde 2017, desenvolvemos ferramentas digitais que melhoram a comunicação entre síndicos, moradores, administradoras e prestadores de serviços. Estamos em constante aperfeiçoamento, desenvolvendo soluções que impactam diretamente na vida das pessoas. O time da MyCond+ é composto de diferentes áreas para promover um ambiente de trabalho diversificado, criativo e inovador, com desenvolvimento de software web e mobile, design de produtos digitais, atendimento comercial, suporte a usuários, contábil, jurídico e técnicos.

Se você é uma pessoa que tem interesse em trabalhar remotamente, se interessa por tecnologia, se sente confortável com autogestão e um ambiente em constante evolução, a MyCond pode ser para você.

Compartilhe conosco seu currículo e áreas de interesse através do e-mail:
vaga@mycond.com.br

Imprensa

MyCond+, um hub de soluções para o seu condomínio.

Além de oferecer o mais bem avaliado aplicativo condominial, segundo a Play Store, a MyCond agora é uma plataforma completa de serviços digitais para condomínios. O hub de serviços MyCond+ ofecere ferramentas digitais para síndicos, administradoras e empresas de controle de acesso em uma plataforma de contratação sob medida…

Privacidade

Política de Privacidade

Nossa política de privacidade busca informar aos nossos usuários sobre como os dados pessoais são coletados e o que é feito com eles.

Termos de Uso

A seguir é possível consultar os termos de uso do usuário para o nosso aplicativo. É fundamental que esteja de acordo com estes termos para utilizar as nossas soluções.

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp