Dicas para evitar problemas em condomínios durante o carnaval

Se o seu prédio, seu condomínio está localizado dentro de um circuito de carnaval a atenção precisa redobrar quando o assunto é segurança. Isso porque, a grande circulação de pessoas e a intensa entrada e saída de moradores e visitantes pode aumentar a vulnerabilidade dos locais.

Então fique atento a alguns pontos que listamos abaixo.

  • O síndico deve ter informações da rota dos blocos de carnaval e das interdições de rua para então traçar um plano de ação;
  • Os organizadores do evento são sempre responsáveis por danos a algum bem nos prédios pelos foliões;
  • O síndico pode prevenir danos isolando, se possível, as áreas expostas em algum circuito;
  • Em caso de gastos extras com o sistema de segurança e proteção, não é necessária a convocação de reunião com os condôminos;
  • Os síndicos precisam comunicar aos moradores todas as observações necessárias sobre os procedimentos adotados durante o carnaval.

LEIA TAMBÉM: Vem carnaval! Saiba como usar a academia do condomínio

E para que a paz no condomínio seja mantida é importante planejamento para aumentar a segurança do condomínio.

Segundo especialistas, um bom trabalho de equipe pode reduzir os riscos com segurança. Dessa forma é importante promover um treinamento simples dos colaboradores, mesmo que de curta duração, com os cuidados que eles devem ter.

Abaixo alguns exemplos que o síndico pode adotar.

  • Abrir o portão imediatamente apenas para moradores conhecidos.
  • Não fornecer informações para desconhecidos.
  • Nada de intervalos de sono durante o expediente.
  • Organizar os horários de ingresso de prestadores de serviço.
  • Exigir o cadastro de hóspedes temporários.
  • Evitar o uso de smartphones e redes sociais durante o trabalho.

LEIA TAMBÉM: 4 erros graves que afetam a segurança do condomínio

Evite conflitos

A gente sabe que neste período a alegria contagia e a farra também. Alguns vizinhos que vão para a festa, por exemplo, podem chegar mais tarde em casa. Por isso, em caso de barulho exagerado ou situações inadequadas tente contornar da melhor forma possível para que não haja um transtorno maior para os outros condôminos.

É importante lembrar que as pessoas alcoolizadas estão mais propensas a entrar em conflitos. Caso uma conversa amistosa não resolva o problema, acione as autoridades, ou deixe para fazer queixas no dia seguinte.