Aplicativo pode auxiliar na reabertura de clubes

A pandemia tem mostrado que em cenários extremos o digital faz uma grande diferença. Em muitos setores, estar presente no ambiente online é uma forma de garantir serviços de qualidade. E em clubes não é diferente. Os associados e as empresas podem se beneficiar com o tecnológico.

Em alguns estados brasileiros a reabertura de clubes sociais, esportivos e agremiações começa a acontecer após os espaços serem fechados durante a segunda onda da pandemia do novo coronavírus. Mas, tudo deve acontecer seguindo protocolos de segurança.

LEIA TAMBÉM: Conheça os benefícios de aplicativo de gestão para clubes

Protocolos esses que podem ser facilitados com uso da tecnologia. A startup MyCond entendeu as necessidades dos clubes e está disponibilizando a tecnologia para os locais que desejam ter o próprio aplicativo, com a própria marca, e acesso a todas as ferramentas que vão fazer a diferença hoje e sempre. São elas:

Reservas de espaços e agendamentos de serviços – Espaços com acesso liberado, como academia, quadras, agora precisarão ser reservados para evitar aglomerações. Serviços especializados, como baixa de lanchas em marinas, presentes em clubes náuticos, podem ser previamente agendados.

Controle de Acesso via QR-Code – Aumente a segurança do clube com o registro de entrada e saída de sócios e visitantes. Agilize o procedimento de identificação da sua portaria utilizando o QR-Code, evitando assim contato físico.

Votação Online – Facilidade na aprovação de pautas e eleições sem a necessidade de aglomerações. Sua assembleia virtual agora é possível e legal!

Fale Conosco – Um canal direto para as sugestões, reclamações e solicitações direto do smartphone. O associado acompanha toda a resolução através de um protocolo de atendimento. Não precisando assim se deslocar até administrações, evitando contato físico.

LEIA TAMBÉM: Vantagens de adotar um aplicativo de controle de acesso

Informativos e documentos – Você não precisa mais encher os murais de avisos ou enviar e-mails que não são lidos. O app melhora a comunicação interna ao notificar os associados quando um aviso é postado pela administração. Uma opção bacana principalmente para aqueles que estão se resguardando mais em casa.

Ferramentas para além da pandemia:

Achados e perdidos – Um objeto foi encontrado no estabelecimento? O aviso online pode agilizar a localização do dono.

Inscrições em atividades – Gerenciamento online das inscrições em atividades ofertadas pelo clube e notificação automática de abertura de novas vagas.

LEIA TAMBÉM: Utilização de piscinas em período de pandemia

Clube de Benefícios – Anuncie fornecedores parceiros e ofereça mais benefícios a seus associados.

Controle Financeiro – Envie boletos pelo WhatsApp e diminua a inadimplência. Lance rapidamente as despesas recorrentes e preste contas online. Mais economia e transparência para todos.

Além de todas essas ferramentas o clube vai ter um aplicativo personalizado com a própria marca, com baixo investimento inicial, sem comprometer a arrecadação mensal.

  • App com sua marca na Play Store e App Store
  • Treinamento Técnico Coletivo ao Vivo
  • Treinamento Comercial Gravado
  • Material de Divulgação com sua Marca
  • Apoio a Implantação aos Associados
  • Suporte Incluso a Funcionários e Associados
  • Sala de Reunião para Assembleias Virtuais*

Para contratar o serviço e ter mais informações, lembrando que o aplicativo também pode ser adaptado para associações, entre em contato com o comercial pelo WhatsApp 11 99661-7940 ou pelo e-mail comercial@mycond.com.br.

Exemplo de protocolos que devem ser seguidos em clubes:

  • Evitar os bebedouros de água potável por ingestão direta, sendo liberados apenas os dispositivos de acionamento de água para a utilização de copos descartáveis e garrafas próprias.
  • Manter todos os ambientes, frequentáveis por sócios e/ou colaboradores, ventilados;
  • Objetos tocados com frequência precisam de atenção especial na higienização (pias e torneiras, maçanetas, bancadas, mesas e cadeiras, elevadores, corrimão);
  • É recomendável desabilitar o acesso por biometria nas portarias de clubes, substituindo-o por meios alternativos de controle. Caso não seja possível, será fundamental oferecer meios de higienização eficazes destes equipamentos, bem como das mãos dos associados antes e depois de tocá-los;
  • Proteger maquininhas de cartão com filme plástico, que deverá ser trocado frequentemente.
  • Incentivar, ostensivamente, a lavagem de mãos por parte dos associados e colaboradores, por meio de cartazes afixados nas paredes, banners, folders, e-mails aos associados, áudios ou quaisquer outros meios digitais;
  • Disponibilizar cartilha virtual, para acesso de colaboradores e sócios, contendo orientações preventivas a serem adotadas nos ambientes de trabalho, nos locais públicos e no convívio familiar e social;
  • Incentivar, ostensivamente, o uso de álcool em gel 70% pelos associados e colaboradores, para higienização das mãos, através de: Distribuição estratégica nas mesas dos colaboradores, deixando também galões ao alcance de todos; dispensadores fixados na parede, em locais estratégicos, como portarias de acesso, entradas e saídas, espaços de grande circulação, locais de atividades esportivas e culturais, bares e restaurantes e áreas de convivência. É importante fixar dispensadores de álcool gel em local próximo aos bebedores;
  • Orientar quanto à obrigatoriedade do uso de máscaras por todos os colaboradores e sócios, especialmente nas reuniões e nos ambientes compartilhados;
  • Orientar colaboradores e sócios a virarem-se de lado e colocarem o antebraço junto à boca ao tossir ou espirrar;
  • Organizar o layout dos espaços e equipamentos para facilitar o distanciamento entre pessoas;
  • Demarcar, no chão, as posições das filas, com no mínimo 1,5 metro de distância entre as pessoas.
  • Limitar a quantidade de pessoas em espaços fechados, utilizando como referência a medida 6 metros quadrados por pessoa (capacidade máxima de pessoas no local, com segurança);
  • Quando necessário, delimitar com marcações no piso o espaço que cada associado deverá utilizar, evitando aglomerações;
  • Se necessário, para evitar a superlotação das dependências do clube em horários determinados, estabelecer rodízio de dias e/ou horários para a frequentação de tais espaços por parte dos sócios;

Lembrando que os protocolos vão variar de acordo com cada cidade, sendo a gestão municipal a responsável por estabelecê-los.